terça-feira, outubro 07, 2014

Analise sobre Polemicas "All About That Bass, Meghan Trainor"

"All About That Bass" de Meghan Trainor passa sua segunda semana no topo da parada Billboard Hot 100, consagrando o single de estreia da americana como uma das canções mais populares do ano nos Estados Unidos. Meghan Elizabeth Trainor é uma cantora, compositora, música e produtora norte-americana. Ganhou proeminência com a sua canção de 2014, All About That Bass, que atingiu o primeiro lugar das tabelas dos Estados Unidos.



"Eu estou aqui para dizer que cada pedacinho de você é perfeito, dos pés à cabeça". Ela também critica o uso de Photoshop exagerado e os tamanhos pequenos de roupa, tudo isso num clipe fofo, cor-de-rosa e dançante, que está prestes a atingir 57 milhões de visualizações no YouTube, em três meses.



Só que existe uma polêmica em torno da música, principalmente nos trechos:
- Estou trazendo o bumbum de volta. Vá em frente e avise às magrinhas. Não, eu estou só brincando, eu sei que você também se acha gorda.
- Está claro que eu não uso tamanho 2 (equivalente ao 36 no Brasil), mas eu rebolo como devo. E tenho aquele boom boom que os garotos gostam.
O site Feministing, é como se fosse impossível ressaltar a beleza das pessoas acima do peso, sem denigrir as magras. "Se cada centímetro de você é perfeito, garota de curvas, então cada centímetro da garota magra também é", discute a publicação. "Nesta parte até concordo que beleza não faz diferença no mundo em que vivemos e que conseguiria mais se não ouve desigualdade social o filme Hairspray, em busca da Fama me lembou muito bem esta polemica."



"Trainor, que escreveu a canção-se, não é o único criminoso quando se trata de músicas que tentam fazer as pessoas se sentir bem com seu corpo, fazendo outras pessoas sinto uma merda.Há os infratores do - One Direction com que você não sabe que você é bonita e Bruno Mars, com Just The Way You Are - e fora da música pop, há até mesmo criminosos em teatro musical, como o de Hairspray Big, Blonde, and Beautiful ("Quem quer um galho quando você pode escalar a árvore inteira?"). Basicamente, parece ser muito difícil escrever uma canção sobre aceitação do corpo que é, na verdade, sobre a aceitação de todos os corpos. Então, novamente, andando pela rua como se ele próprio é muito bom para a auto-estima.Então, basta fazer o que as feministas têm vindo a fazer desde o início dos tempos, ou pelo menos da música pop: Aumente a música, tentar ignorar as letras, e rock que calçada como se fosse uma pista."_ Afirma a escritora Chloe Angyal.

Ai vem a parte em que ela mesma se engana onde eu pré suponho que a opinião dela é "Feminista", onde eu discordo dela falar que "Você é bonita do jeito que é" no sentido de auto-ajuda para outras pessoas não se sentirem entre apas "insegura de se mesma", falando assim ela esta errada ao falar isso?! Por que estais criticando a cantora de fazer um musica desse modo, com isso pelo que eu bem entendo de feminismo que todas as mulheres tenham direitos iguais se tem um homem falando de ser gordo e se aceita assim por que ela também não pode?

Fonte: Wiki, Vagalume, KzukaFeministing

Load comments