quarta-feira, outubro 22, 2014

Pãnico na Capital Canadá por causa de violência

Em três pontos da cidade Owatta, a capital Canadá, o shopping, o Parlamento e o Memorial de Guerra do Canadá, nesta quarta-feira, dia 22 de outubro envolvendo 2 mortes e um guarda ferido.


O atirador ainda não identificado pela policia canadense, por informações não-oficiais morreu  no Parlamento, antes disto, ele matou um soldado que estava fazendo a segurando do Memorial, não divulgado pela policia canadense sem autorização da família.

Um dos atiradores também morreu, segundo informou a emissora americana "CNN". Não foram divulgadas informações sobre a identidade dele.
O Parlamento do Canadá está fechado desde a manhã desta quarta após um integrante da guarda canadense ter sido baleado no Memorial Nacional de Guerra. A polícia da capital canadense confirmou que, no total, três ocorrências envolvendo tiroteios foram registradas hoje na cidade.

Por comentário de testemunha pelo 20 tiros foram feito dentro Parlamento, confira o video do canal The Globe and Mail, no momento dos tiros.

Globe and Mail footage captures shooting in Parliament building


O parlamentar Tony Clement escreveu em sua conta no Twitter que estava com seus colegas Mark Strahl e Kyle Seeback em uma sala segura, mas que tinha ouvido cerca de “trinta tiros”. No momento do ataque, o primeiro-ministro Stephen Harper estava em seu escritório no Parlamento. Ele foi retirado do edifício em segurança, informaram as autoridades, assim com todas as pessoas.

Do Canadá  até o Estados Unidos,  o FBI em alerta pelo tais acontecimentos, pedir  para  os oficiais estarem em alerta, como também ajudar nas investigações a pedido policias canadense segundo CNN.
Ainda não confirmado se o tiroteio foi um ataque terrorista.


Fontes: Uol, Revista Veja, Globo.com

Load comments